Puxar pelos limites de um Veículo elétrico

Uma publicação Norueguesa testou os nove modelos do segmento médio mais vendidos no país para verificar se o ciclo WLTP se cumpre e qual o comportamento dos veículos quando o carro chega até 0% até uma paragem completa, isto é:

O carro trava?

Perde-se controlo da viatura?

A bateria de alta voltarem danifica-se?

A potência e velocidade ficam limitadas gradualmente?

Regra geral a maioria dos veículos testados perde potência e velocidade nos últimos 4-5 km, mas alguns mantém potência e velocidade normal até os 0%.

Quanto às autonomias, são vários que vão além dos valores anunciados.

A rota foi comum para todos os veículos (percurso cidade, AE, nacional) e as temperaturas oscilaram entre os 14/15 Celsius.

Carros em teste:

BMW i3

Nissan Leaf 40 kWh

Opel Ampera e

Tesla model 3 Long Range

VW e-Golf

Hyundai Kona/Kauai

KIA e-Niro

Nissan Leaf 62 kWh

KIA Soul EV

BMW i3

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 310 km. Neste teste fez 323.7 km até ficar imobilizado, a autonomia que marcava ao chegar aos 0% foi de 317.2 km. O aviso para carregar surge aos 5%, a velocidade só diminuiu a partir dos 0% sendo possível manobrar a direção. A bateria de 12 V não descarrega e o carregamento da bateria de HV é retomado facilmente.

Nissan Leaf 40 kWh

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 270 km. Neste teste fez 288.0 km até ficar imobilizado, a autonomia que marcava ao chegar aos 0% foi de 259.3 km. O primeiro aviso para carregar surge aos 9% e a velocidade só diminuiu quando chegou a 0%. A bateria de 12 V não descarregou mas a indicação que estava a ser alimentada demorou um pouco. Já o carregamento da bateria de HV é retomado facilmente.

Opel Ampera e

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 423 km. Neste teste fez 423.8 km até ficar imobilizado, a autonomia que marcava ao chegar aos 0% foi de 415.8 km. O primeiro aviso para carregar surge aos 70 km repetindo aos 23 e 15 km até apresentar um aviso de tração intermitente, não perdendo velocidade de imediato mas sim gradualmente após os 0 km. A bateria de 12 V não descarregou e o carregamento da bateria de HV é retomado facilmente.

Tesla Model 3 LR

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 560 km. Neste teste fez 540.4 km até ficar imobilizado, a autonomia que marcava ao chegar aos 0% foi de 520 km. O primeiro aviso para carregar surge aos 20% (91 km) repetindo aos 7% (35 km) e 4% (21 km) havendo só perda de velocidade gradual quando chegou aos 0%. Bateria de 12 V continuou a suportar as funções no interior do carro e a bateria HV carregou logo em Supercharger.

VW e-Golf

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 229 km. Neste teste fez 215.9 km. Não existe informação percentual da carga da bateria pelo que o primeiro aviso foi aos 50 km posteriormente aos 29 km alertando para a perda de conforto a bordo. Aos 11 km entrou em modo 🐢 e o volante ficou mais pesado e aceleração diminuiu. A bateria de 12 V retomou a carga normalmente.

Hyundai Kona/Kauai EV

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 449 km. Neste teste fez 532.9 km até ficar imobilizado, a autonomia que marcava ao chegar aos 0% foi de 529.6 km. O primeiro aviso para carregar surge aos 8%, aos 3% surge aviso para carregar e entra em modo 🐢 . A partir dos 0% o carro perdeu velocidade e a direção ficou ligeiramente mais pesada. A bateria de 12 V não descarregou e a bateria de HV retomou carga normalmente.

KIA e-Niro

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 455 km. Neste teste fez 497.5 km até ficar imobilizado, a autonomia que marcava ao chegar aos 0% foi de 493.0 km. O primeiro aviso para carregar surge aos 10% (56 km) e aos 8% sugere a estação de carregamento mais próxima, a velocidade vai diminuindo gradualmente bem como o volante fica mais lento perto dos 0%.

Nissan Leaf 62 kWh

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 385 km. Neste teste fez 418.1 km até ficar imobilizado, a autonomia que marcava ao chegar aos 0% foi de 379.5 km e posteriormente perderam-se todas as informações sobre o estado de carga no visor do carro entrando em modo 🐢 e baixando a velocidade até uma paragem completa. A bateria de 12 V não descarregou e a bateria de HV retomou a carga normalmente.

KIA e-Soul

Anuncia uma autonomia em ciclo WLTP de 452 km. Neste teste fez 481 km até ficar imobilizado, a autonomia que marcava ao chegar aos 0% foi de 478 km a partir do qual entra em modo 🐢 reduzindo bastante a velocidade e a resposta do volante. O primeiro aviso para carregar surge aos 8% no qual o carro entra em modo ECO e com 3% o carro não passa dos 90 km/h.

Ao ficar imobilizado a bateria de 12 V descarregou por completo e não foi possível ligar novamente o carro, só recorrendo aos bons “velhos” cabos para reanimar a bateria de 12 V. Uma vez recuperada possibilita o carregamento normal da bateria de HV.

Fonte: Motor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *