CEO VW nos EUA fala sobre passado, presente e futuro da marca alemã

Em entrevista ao Motor Trend, Scott Keogh falou sobre diversos temas que nem sempre são do agrado do gigante alemão.

Sobre o dieselgate ele refere-o como “the ultimate betrayal” e como uma das consequências a agência de publicidade da marca foi renovada.

A caminhada na direção da electrificação de todos os seus veículos poderá ser uma forma de redenção. Nas apostas de mercados automóveis refere que a VW fará chegar soluções com preços de acordo com o sentimento dos consumidores em relação aos veículos elétricos (nos EUA), no entanto no imediato, o mercado chinês perfila-se como o mais apetecível devido ao smog, autonomia e congestionamento das cidades. Os factores para triunfar no mercado Chinês, para Scott Keogh é ser veículo eléctrico, autónomo e conectado e a China com as suas políticas e receptividade à inovação é estimulante para os consumidores e onde mais podem tirar proveito destes incentivos.

Inevitavelmente questionado sobre a Tesla e os seus 50% de mercado, Scott Keogh pretende absorver os restantes 50% quando os seus produtos assim o justificarem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *